quinta-feira, 29 de julho de 2010

26 semanas

Esta gravidez tem sido tão diferente da primeira. Tem sido vivida muito menos intensamente, quer a nível pessoal quer a nível familiar. Às vezes sinto-me mal por isto. Parece que lhe damos menos importância. Mas não é isso, tenho a certeza. Simplesmente temos muitas outras preocupações e temos um filho que requer toda a atenção que requer um menino de dois anos. É uma filha tão desejada e tão aguardada como foi o Henrique.
Para de certa forma começar a materializar a chegada da Luísa, comprámos no passado fim de semana uma cómoda onde já começaram a ser organizados os seus pertences. Há algumas coisas do Henrique que vão servir perfeitamente, mas não consigo resistir à compra de outras, digamos, mais femininas. Logo, não podia deixar de haver uma gaveta dedicada aos vestidinhos e afins. No meio de tudo isto, confirma-se que a secção de menina é muito maior do que a de menino.
Fui também buscar acessórios que eram do Henrique como o termómetro da água, a escova de cabelo, e outras coisas do género que não vou precisar de comprar desta vez.
Preparativos à parte, posso dizer que a Luísa é uma bebé muito mexida. A minha barriga anda em roda viva como não andava na primeira gravidez e isso para mim é um descanso pois é uma confirmação diária de que está tudo bem. E está, de facto. Segunda-feira tivemos consulta e pudemos maravilharmos com a nossa menina no ecrâ. Levámos, como sempre, o Henrique e ele, quando o médico tirou o ecógrafo, virou-se para o televisor e disse "xau, uisa, adeus...". É um fofo, quando quer. De resto estava tudo bem. Apesar de a minha tensão continuar baixa, 10-7, sinto-me bem, muito mais cansada, mas bem. Engordei mais dois Kg (já vão 3 desde o início), o que me parece muito bem.
Em relação ao Henrique, tem vivido a chegada da mana muito na dele. Ele sabe que vai ter uma bebé lá em casa, já a sentiu e até conversa com a barriga, mas dá um ar muito desligado. Nós também não insistimos, tem tempo. Está em pleno processo de desfralde e parece que está finalmente a entrar no bom caminho, pois os descuidos são cada vez menos. Não se tem dado muito bem com o redutor por isso temos optado por ter o bacio na sala, sempre, para que ele se lembre de pedir para fazer xixi ou cocó e tem resultado. No colégio já não tem trazido roupa suja, o que é bom sinal. Está muito doce, carinhoso, beijoqueiro e é cada vez mais companheiro. Já vamos conversando, dentro do que lhe é possível o que faz com que os tempos sozinha com ele sejam diferentes, já não é aquela coisa de estar com um bebé, se é que me faço entender. Não tirando o Dartacão do primeiro lugar do podium, posso dizer que no momento tem um novo herói, o He-man. Era o favorito do pai que o influenciou e agora até já levanta a espada (do Dartacão) e diz "by the power of Greyskull", à sua maneira. Enfim, é o nosso menino, cada vez mais rapaz que está a crescer a olhos vistos e a tornar-se cada vez mais senhor do seu nariz.
Fico-me por aqui, hoje. A ver se logo posto uma foto da barriga que já começa a pesar, sobretudo à noite, quando quero dormir.

2 comentários:

Maria disse...

A segunda gravidez vive-se de uma maneira muito diferente, mas sabe tão bem essa descontracção!

O Henrique deve estar enorme! Tenho saudades vossas!

Bjs

gaiatA disse...

Estás óptima :)
Isso quer dizer que está a ser uma gravidez tranquila, dando tempo para cuidares do teu filho.

uma beijOca*