quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Será que era ele a mexer?

Acho que o que agora há pouco me pareceu uma cócega na minha barriga pelo lado de dentro era o meu filho a mexer. Posso estar a ser influenciada pela descrição que esta menina me fez, mas acho que não, acho que foi mesmo um movimento do bébé. Vou ficar mais atenta a ver se se repete.
Para todos os efeitos as 18 semanas vão ficar marcadas pela primeira vez em que eu acho que senti o bébé.
De resto, temos já muitas prendinhas, muitas coisas lindas para mostrar. Toda a gente nos quer surpreender com coisinhas para o bébé e é cada coisa mais linda que só vendo. Vou ver se ponho aqui fotografias um dia destes.
Voltamos depois com mais notícias.

4 comentários:

Silvia disse...

é mt possivel...eu senti tb a 1.ª vez as 18 semanas...mas mais uma semana e vais ver q n há duvidas possiveis

Maria disse...

Deve ser! As primeiras vezes são tipo borboletas na barriga ou como um peixinho no aquário! :)LOl

Eu senti o Tiago por esta altura! Tive a certeza absoluta que eram pontapés às 20 semanas! O pai sentiu e tudo! Um momento mágico!

Amiga é tão bom acordar com esses mimos, passar o dia com eles, deitar com eles........(suspiro e um sorriso de saudades).

Bjs grandes e tou inquieta para ver esta barriguinha!

Sara disse...

:) Deve ser de certeza, mas não ponhas a mão em cima porque senão eles param, pelo menos a minha pára :) deve ser teimosa como a mãe. Experimenta a deitar-te de barriga para cima e estar quietinha, às vezes resulta :), ou até mesmo de barriga para baixo que eles não gostam e mexem-se para te fazer notar isso. Com o tempo vais sentindo cada vez mais, estas mais disperta para essa sensação. Não tarda estamos aqui a queixar-nos nos pontapés que eles não param de nos dar, eheeh.
Bjinhos

Sofia e Pedro disse...

Olá, é muito provável que o tenhas sentido mexer, eu senti a Joana por volta da 15ª semana e foi um movimento muito suave. Coloca a tua mão em cima da tua barriga, eles gostam muito do calorzinho que dela emana!Beijinhos e bom fim-de-semana, Sofia, Pedro e Joana