segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Apelo Natal 2009

À semelhança do que aconteceu há um ano atrás, venho "sugerir" a todos os familiares e amigos que não ofereçam brinquedos ao Henrique. Como sabem a casa é pequena e o pequeno já tem brinquedos suficientes para si e para todos os irmãos que um dia irá ter. Para além disso, podemos garantir que o rapaz até reage muito melhor a um outro tipo de prendas, livros.
Assim, deixo aqui a referência a algumas obras que gostaríamos de ver na biblioteca lá de casa:
- O livro inclinado, de Peter Newell, editora Orfeu Negro;
- O dia em que a barriga rebentou, de José Fanha, editora Gailivro;
- Ninguém dá prendas ao Pai Natal, de Ana Saldanha, editora Caminho;
- Os ursinhos na cama e a grande tempestade, de Paul Bright, editora Minutos de Leitura;
- A estrela de Laura, de Klaus Baumgart, editora Minutos de Leitura;
- Pê de Pai, de Isabel Minhos Martins, editora Planeta Tangerina;
- Qualque livro da colecção Ruca - Livros de Actividades (Ruca e os Números, Ruca e os Traços, Ruca e as Formas, Ruca e as Cores), edições Asa;

5 comentários:

Silvia disse...

apoiado...aqui é igual

Silvia disse...

e olha, sugiro o vamos à caça do urso e a que sabe a lua...são mm mt giras

pedradababy disse...

hahahah será que vão dar ouvidos? sinceramente duvido, ninguém resiste ao presente brinquedo, e quando é aqueles cheios de peçinhas pequeninas que se espalham por todos os cantos da casa, se perdem e que sem elas o dito cujo do brinquedo não funciona???? não há remédio. Todos os Natais e aniversários há-de ser a mesma coisa. Mas não estou a agoirar heheheheheh desejo-te sorte!
Olha, e os preparativos para a viagem? tudo sobre rodas????
Beijinho

Mafalda disse...

Boas Férias!

Lembranças minhas a NYC. Divirtam-se muito e aproveitem bem essa cidade fantástica.

A mãe que capotou disse...

Eu digo quase a mesma coisa ha pelo menos 3 anos, por enquanto não tenho tido grande adesão ... quem sabe neste Natal...