quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Das férias

Foram curtas demais. Duas semanas não é o suficiente para desligar completamente da rotina do dia a dia e das preocupações do trabalho. Foram, como todas as férias de Verão, repartidas entre as ilhas de S. Miguel (onde moram os avós paternos do Henrique) e Pico (onde passam férias os maternos). Tivémos imensa sorte com o tempo que para quem conhece os Açores sabe que ali é muito incerto. Ficaram muitas coisas por fazer, amigos por rever, outros que se viram mas que sabe sempre a tão pouco... mas é assim, desta vez não deu para mais. O Henrique passou dias muito bons com a família e amigos e até parecia um menino mais velho a tentar imitar as tropelias dos outros, como aconteceu com o amigo Tiago que ele queria imitar a descer o escorrega de cabeça para baixo. A sua adoração por cães e gatos aumentou ainda mais e acumulou uma série de arranhões e nódoas negras que até lhe deram outra cor mais saudável.

Para registar fica o nascimento de dois pré molares (mais uma vez os dentes nascem-lhe aos pares) responsáveis por uma série de noites mal dormidas, falta de apetite e rabujices extra.

As fotos vêm no próximo post.

1 comentário:

gaiatA disse...

Os pré-m0lares são terriveis :\
Aqui andam0s à espera d0s canin0s..

2s é b0m, mas não o suficiente..
Valeu a pena! :)

beij0cas *