quinta-feira, 2 de abril de 2009

Para grandes males, grandes remédios

Depois de praticamente duas semanas a dormir muito mal, com berros a meio da noite e a passar mais tempo no quarto dele do que no meu, decii trazer ontem o berço dele novemente para o meu quarto. Pelo menos descansei mais um pouco, apesar de ter passado a noite com o braço esticado dentro do berço para ele me sentir. Quando acorda e não nos vê, berra como se tivesse medo, como se estivesse inseguro. Será o resultado de quase duas semanas de mãe em exclusividade? Continuarei a trazer o berço para o meu quarto até sentir que ele já está melhor. Mais importante do que tudo, é que todos consigamos descansar um pouco.

8 comentários:

Silvia disse...

olha, apoiadissimo...a mari dormiu no nosso quarto ate aos 13 meses e nem por isso a mudança foi complicada... ja a mada dorme no seu quarto desde os 6/7 meses e está d melhor, mas acho q em parte por ter lá a irmã...o q importa é q todos estejam bem. beijokas

Maria disse...

Nem mais amiga!

Só tenho pena de ter "descoberto" essa máxima para a minha vida ao fim de um ano e tal!!!!

Interessa é que todos durmam!

Bjs grandes.

Maria José disse...

Pois amiga, eu sei bem o que custa não dormir de noite.
Mas se arranjaste uma solução boa
bjokas

Marlene Carvalhosa disse...

O Simão continua a dormir no nosso quarto...e só quando vir que ele fica bem sozinho é que mudo.
Já lhe comprei uma cama para lá e a sesta já é feita lá mas à noite para já fica connosco.
O que importa é o bem estar do meu filho e o resto depois vê-se.
Beijinhos.

Catia, a mãe do Puts... disse...

Super hiper apoiado...
Como diz a pediatra do puts: Vale tudo menos arrancar olhos!!

Não devemos, mas todos nós precisamos descansar...
Beijoquinhas

Sara disse...

Podes crer! A Inês ainda não saiu do nosso quarto porque de vez em qdo acorda de noite e prefiro estar logo ali ao lado do que ter de andar de quarto em quarto... quando começar o calor mudo-a, até lá fica connosco :).

Desculpa lá a mentirinha ;)

Beijinhos

Mamã Pirata disse...

Nem mais ...cada um sabe de si ,se assim dormem todos ,que seja.

N á regras a seguir.

bjs.

pedradababy disse...

Pois é amiga... a Lu está na cama de grades ao lado da minha cama até hoje hehehehhehehehe fazer o que???? Olha, na minha antiga casa só tinha um quarto e só me mudei já grávida da Lu o que quer dizer que, só nessa altura e já com 10 anos a Gabi saiu do meu quarto e teve um só seu. Hahahahaha bem sei que é um grande exagero e não é saudável mas ela foi educada a respeitar sempre a nossa privacidade e nós a dela. Emfim... temos que nos adaptar às circusntâncias.
Beijinhos grandes!!!!!!

P.S.: Tá quaseeeeeeeeeeeeeeee