sexta-feira, 6 de março de 2009

Só ontem é que me caiu a ficha

Percebi que estamos em Março e que daqui a pouco mais de um mês o Henrique completa 12 meses, 1 ano. Não estou a exagerar quando digo que fiquei em choque, fiquei nostálgica e a pensar no óbvio, como passou tão depressa este ano? Quando chegámos à creche para o ir buscar, a educadora estava a ver fotos deles e mostrou-nos a pasta do Henrique. Nem preciso de dizer que o primeiro pensamento que me veio à cabeça foi "perco tanta coisa por não estar o dia todo com ele". As fotos estavam fantásticas e apesar de pequeninos já fazem tantas coisas giras. As mais engraçadas foram as do dia em que fizeram massa e se lambuzaram com ela. A educadora comentou que a alguns meteu impressão a sensação de tocar na massa, o Henrique levou-a logo à boca, claro (tens fotos lindas com uns bigodes fantásticos). Prometeu que nos oferece as fotos todas no final do ano lectivo.
Enfim, tudo isto, mais uma-noite-muito-mal-dormida-provavelmente-por-causa-daqueles-de-que-toda-a-gente-fala-mas-cá-em-casa-ninguém-vê (os dentes), fez com que hoje esteja um bocado aluada, pensativa, melancólica mesmo. Não é suposto, nunca deverá ser motivo de tristeza o facto de ele estar a crescer. Mas a verdade é que parece que está a passar depressa demais.
Conhecendo-me como conheço, acho que me espera um mês muito introspectivo.

6 comentários:

Maria José disse...

Um beijinho muito grande para ti.
e como eu te compreendo
bjs

Márcia Gomes disse...

pois é. Acho que todas as mães devem passar por isso no 1º ano dos filhotes. O meu tem 9 meses e sinto tanta saudade dele recem nascido....incrivel porque outro dia mesmo eu acessava seu blog e voce estava totalmente gravida...rsrsrs.
beijocas e relax.

Mónica disse...

Eu também passei por isso e a solução que encontrei foi viver todos esses momentos o mais rapidamente possível. Foi, também por isso, que a Raquel nasceu com 21 meses de diferença do irmão.
Para já essa saudade passou.
Quando voltar veremos se será menino ou menina...
Beijos muito grandes.

Mamã e bebé disse...

Olá querida mamã!
Até eu já me sinto melancolica so de pensar que ja passaram 8 meses quase desde que a minha princesa está ao pé de mim...por isso compreendo-te bem... Eu ainda tenho a possibilidade de estar com ela todo o dia, e isso possibilita-me absorver quase quase tudo o que há para ser absorvido em relação ao crescimento da pequena. Deviamos poder estar com os nossos filhotes em casa até pelo menos aos 2 anos não é?
Beijinhos grandes e o teu filhote está cada dia mais lindo

Rute Santos disse...

Espero k ôs dentes vos deiam melhores noites. O teu filho é como o meu, tem de levar tudo para a boca:)

bjs

Alice disse...

Desse mal também eu me queixo ... sinto o tempo a voar, e aquela impressão que não estou a aproveitar tudo da minha princesa :)

beijinhos