sexta-feira, 12 de outubro de 2007

Do melhor que há...

Encosta-te a mim

Encosta-te a mim, nós já vivemos cem mil anos
encosta-te a mim, talvez eu esteja a exagerar
encosta-te a mim, dá cabo dos teus desenganos
não queiras ver quem eu não sou, deixa-me chegar.

Chegado da guerra, fiz tudo p´ra sobreviver
em nome da terra, no fundo p´ra te merecer
recebe-me bem, não desencantes os meus passos
faz de mim o teu herói, não quero adormecer.

Tudo o que eu vi, estou a partilhar contigo
o que não vivi, hei-de inventar contigo
sei que não sei, às vezes entender o teu olhar
mas quero-te bem, encosta-te a mim.

Encosta-te a mim, desatinamos tantas vezes
vizinha de mim, deixa ser meu o teu quintal
recebe esta pomba que não está armadilhada
foi comprada, foi roubada, seja como for.

Eu venho do nada porque arrasei o que não quis
em nome da estrada onde só quero ser feliz
enrosca-te a mim, vai desarmar a flor queimada
vai beijar o homem-bomba, quero adormecer.

Tudo o que eu vi, estou a partilhar contigo
o que não vivi, um dia hei-de inventar contigo
sei que não sei, às vezes entender o teu olhar
mas quero-te bem, encosta-te a mim.

Jorge Palma, in Voo Nocturno

5 comentários:

Xana disse...

A Tia xana adora esta o músico, o poeta e estamúsica e esta letra em particular! Não é coincidência a mãe ter posto a letra no blog. Temos alguns gostos muito parecidos. E tu também vais ter este maravilhoso espírito dos eighties combinado com o melhor do séc. XXI.

Silvia disse...

é o jorge palma no seu melhor...e a estrela do mar éa cantiga c q embalo a cria ànoite...linda

Baco disse...

Um dia irás ouvir e ler esta canção e perceber o que realmente significa, para ti. Aconteceu comigo.

Gonçalo

silvestre disse...

Bem, não há blog por onde se passe em que não apareça esta letra ou a própria canção. E eu que pensava que era fashion... ando bem fora do momento :-(

Noooooooooooooot!!!!

Catia, a mãe do Puts... disse...

eu pessoalmente não gosto muito de Jorge Palma. Mas esta música acho simplesmente linda!